Pular para o conteúdo principal

Canal Brasil exibe mostra sobre Cinema Marginal

“À Meia-Noite Levarei Sua Alma”, “A Margem”, “O Bandido da Luz Vermelha” e “Matou a Família e Foi ao Cinema” são alguns dos filmes da programação do Canal Brasil. Fotos: Divulgação

Nos dias 15 e 16 de julho, a partir das 22h, o Canal Brasil exibe a Mostra Cinema Marginal, com seis produções icônicas do movimento que também ficou conhecido como Cinema de Invenção: “O Bandido da Luz Vermelha”, de Rogério Sganzerla, “A Margem”, de Ozualdo Candeias, “Meteorango Kid”, de André Luiz Oliveira, “Matou a Família e Foi ao Cinema”, de Júlio Bressane, “Bang Bang”, de Andrea Tonacci e “À Meia-Noite Levarei Sua Alma”, de José Mojica Marins.

Um dos marcos do movimento Cinema Marginal, o filme “Matou a Família e Foi ao Cinema”, dirigido por Júlio Bressane, abre a mostra. A trama relata o assassinato dos pais pelo seu filho que, depois, vai ao cinema assistir ao filme “Perdidos no Amor”. Em paralelo, surgem outras histórias de assassinatos no interior, entre elas a de um preso político torturado. Selecionado como o 38º na lista dos 100 melhores filmes brasileiros pela Abraccine (Associação Brasileira de Críticos de Cinema), o clássico foi refilmado em 1991, pelo diretor mineiro Neville D’Almeida.

Pioneiro do cinema marginal paulista da Boca do Lixo em 1967, “A Margem”, do diretor Ozualdo Candeias, também faz parte da programação. O filme é ambientado nas margens do rio Tietê e no centro de São Paulo, e retrata histórias de dois casais que se sustentam de diversas formas, como pela prostituição. Apesar do período de repressão às artes e da falta de recursos para os cineastas, esse foi um dos longas-metragens do Cinema Marginal que recebeu prêmios como a Menção Honrosa de Melhor Música e Melhor Atriz (Valéria Vidal) do Festival de Brasília (1967); e a Melhor Direção, Melhor Atriz Coadjuvante (Valéria Vidal) e Melhor Música do extinto Instituto Nacional de Cinema (1968) - responsável legislativamente pelo fomento, incentivo e fiscalização de filmes brasileiros até o decreto do Ato Institucional Número Cinco (AI-5). “A Margem” também integra o ranking de melhores filmes brasileiros da Associação Brasileira de Críticos de Cinema (Abraccine).

O Cinema Marginal, que se consolidou entre os anos de 1960 e 1970, tinha como principais características mostrar a realidade de grupos marginalizados e toda a violência e censura da ditadura militar, a partir de paródias, denúncias, sarcasmos, erotismos e violências. Além disso, o movimento tinha o intuito de modificar as estruturas do cinema brasileiro em relação ao modelo de produção, à construção narrativa, à linguagem visual, entre outros aspectos.


Cinema Marginal - Segunda e terça, 15/07 e 16/07, a partir das 22h

Segunda (15/07)

22h - “O Bandido da Luz Vermelha” (1968) (92’)

Classificação: 16 anos

Direção: Rogério Sganzerla

Sinopse: A saga do Bandido da Luz Vermelha, enigmático assaltante de residências de luxo em São Paulo. Apesar dos esforços da polícia, ele circula sem problemas, gastando os frutos dos roubos.

23h35 - “A Margem” (1967) (96’)

Classificação: 12 anos

Direção: Ozualdo Candeias

Sinopse: Trágicas histórias desenrolam-se entre dois casais, que perambulam entre as margens do rio Tietê e o centro de São Paulo. Eles vagam nos confins urbanos, entre a vida e a morte, sustentando-se por meio da mendicância e da prostituição.

1h05 - “Meteorango Kid” (1969) (85’)

Classificação: 14 anos

Direção: André Luiz Oliveira

Sinopse: Este filme irreverente conta as aventuras de um universitário de classe média chamado Lula no dia do seu aniversário, revelando o perfil de um jovem desesperado, um ativista devasso e dissimulado, diante da falta de ideais trazida pela ditadura militar da época.

Terça (16/07)

22h - “Matou a Família e Foi ao Cinema” (1969) (78’)

Classificação: 18 anos

Direção: Júlio Bressane

Sinopse: Um rapaz mata os pais a navalhadas e vai ao cinema. Márcia, uma jovem rica e insatisfeita, aproveita uma viagem do marido para ir até sua casa de Petrópolis, onde recebe a visita de uma velha amiga, Regina. Entre outras histórias.

23h05 - “Bang Bang” (1971) (85’)

Classificação: 12 anos

Direção: Andrea Tonacci

Sinopse: O ator de um filme em produção vive indistintamente sua realidade pessoal e a ficção de seu personagem. Como objeto involuntário do acaso e da circunstância, ele busca um sentido e uma saída, enquanto é perseguido por bandidos, um mágico, uma fantasia romântica, um bêbado e sua própria autoimagem. O humor, o motivo da perseguição, as situações, os personagens, a decoração do cenário, os diálogos e a trilha sonora (que utiliza temas de outros filmes) nos remetem a símbolos, metáforas e à recusa de uma possível narrativa lógica, de modo a permitir ao espectador experimentar uma sensação análoga à do personagem principal, induzindo-o à necessidade de pensar um sentido enquanto perdido e levado pela expectativa sustentada, e pelo anticlímax intencionalmente recorrente.

0h30 - “À Meia-Noite Levarei Sua Alma” (1964) (84’)

Classificação: 16 anos

Direção: José Mojica Marins

Sinopse: Um coveiro percorre a cidade em busca de uma mulher para ter um filho.

Comentários

Mais lidas nos últimos dias

Confira a programação da Band entre os dias 22 a 28 de julho

Foto: Divulgação GUIA DE PROGRAMAÇÃO / SEGUNDA / 22-07-2024 / BAND SP 04:00 1º JORNAL HD CC 05:45 ORAÇÃO DO DIA COM PROFETA VINÍCIUS IRACET HD CC 06:00 IGREJA UNIDA DEUS PROVERÁ HD CC 08:00 BORA BRASIL - Local HD CC 09:00 BORA BRASIL HD CC 09:25 THE CHEF com Edu Guedes HD L CC 11:00 JOGO ABERTO HD CC 12:00 JOGO ABERTO - debate HD CC 13:00 OS DONOS DA BOLA HD CC 14:30 MELHOR DA TARDE com Catia Fonseca HD L AD CC 16:00 BRASIL URGENTE HD AD CC 18:50 BRASIL URGENTE - SP HD CC 19:20 JORNAL DA BAND HD CC 20:30 MELHOR DA NOITE HD 12 CC 21:20 SHOW DA FÉ HD CC 22:15 PERRENGUE DO DIA HD 12 CC 22:30 SESSÃO ESPECIAL HD 14 AD DUB SAP CC SEM "Nunca Mais" RPTV 00:00 JORNAL DA NOITE HD CC 00:30 BAND ELEIÇÕES - local HD CC 01:00 ESPORTE TOTAL HD CC 01:55 RESENHA DO GALINHO HD CC 02:30 +INFO HD CC 03:00 JORNAL DA BAND - reapresentaçã

Confira a programação da Record entre os dias 15 a 21 de julho

Foto: Reprodução/Internet 15.07.2024 SEGUNDA-FEIRA 05H00 BALANÇO GERAL MANHÃ * 07H00 BOLETIM JORNAL DA RECORD 07H05 BALANÇO GERAL MANHÃ * 07H30 BALANÇO GERAL MANHÃ SP * 08H40 FALA BRASIL 10H00 HOJE EM DIA 11H50 BALANÇO GERAL SP * 15H30 APOCALIPSE 16H30 CIDADE ALERTA 17H10 BOLETIM JORNAL DA RECORD 17H15 CIDADE ALERTA 17H40 BOLETIM JORNAL DA RECORD 17H45 CIDADE ALERTA * 19H55 JORNAL DA RECORD 21H00 A RAINHA DA PÉRSIA 21H45 GÊNESIS 22H45 A GRANDE CONQUISTA 23H45 CHICAGO FIRE - HERÓIS CONTRA O FOGO 00H30 BOLETIM JORNAL DA RECORD 00H45 PROGRAMAÇÃO IURD 16.07.2024 TERÇA-FEIRA 05H00 BALANÇO GERAL MANHÃ * 07H00 BOLETIM JORNAL DA RECORD 07H05 BALANÇO GERAL MANHÃ * 07H30 BALANÇO GERAL MANHÃ SP * 08H40 FALA BRASIL 10H00 HOJE EM DIA 11H50 BALANÇO GERAL SP * 15H30 APOCALIPSE 16H30   CIDADE ALERTA 17H10 BOLETIM JORNAL DA RECORD 17H15 CIDADE ALERTA 17H40 BOLETIM JORNAL DA RECORD 17H45 CIDADE ALERTA * 19H55 JORNAL DA RECORD 21H00 A RAINHA DA PÉRSIA 21H45 GÊNESIS 22H45 A GRANDE CONQUISTA 00

Confira a programação do SBT entre os dias 22 a 28 de julho

(Foto: Divulgação) Segunda-feira 06h00 PRIMEIRO IMPACTO 09h30 CHEGA MAIS 13h30 CARINHA DE ANJO cap. 101 14h15 QUANDO ME APAIXONO cap. 6 15h00 TERESA cap. 130 15h30 CONTIGO SIM cap. 66 16h15 FOFOCALIZANDO 17h30 TÁ NA HORA 19h45 SBT BRASIL 20h30 A INFÂNCIA DE ROMEU & JULIETA cap. 316 21h15 AS AVENTURAS DE POLIANA cap. 119 22h00 PROGRAMA DO RATINHO 23h30 ARENA SBT 00h45 THE NOITE COM DANILO GENTILI 01h30 OPERAÇÃO MESQUITA 02h00 SBT PODNIGHT Flow 02h45 SBT NEWS NA TV Terça-feira 06h00 PRIMEIRO IMPACTO 09h30 CHEGA MAIS 13h30 CARINHA DE ANJO cap. 102 14h15 QUANDO ME APAIXONO cap. 7 15h00 TERESA cap. 131 15h30 CONTIGO SIM cap. 67 16h15 FOFOCALIZANDO 17h30 TÁ NA HORA 19h45 SBT BRASIL 20h30 A INFÂNCIA DE ROMEU & JULIETA cap. 317 21h15 COPA SUL-AMERICANA - Ao vivo Internacional X Rosário (ARG) 23h30 PROGRAMA DO RATINHO 00h30 THE NOITE COM DANILO GENTILI 01h30 OPERAÇÃO MESQUITA 02h00 SBT PODNIGHT Inteligência Ltda. 02h45 SBT NEWS NA TV Quarta-feira 06h00 PRIMEIRO IMPACTO 09h30

Em julho, Pluto TV traz filmes de sucesso e programações especiais

A Pluto TV preparou uma programação imperdível neste mês. Nos próximos dias, a plataforma de streaming gratuito trará filmes e especiais para entreter seus usuários. E também contará com celebrações de aniversários como a do Bob Esponja e do famoso anime, One Piece. Confira os detalhes: #FÉRIASNAPLUTOTV O mês de férias escolares ainda está rolando e a Pluto TV não vai deixar a criançada na mão. Com desenhos nostálgicos e de arrancar gargalhadas de todos, a programação está recheada de diversão. Confira os conteúdos de destaque: Bob Esponja Calça-Quadrada ESPECIAL ANIVERSÁRIO DO BOB ESPONJA A esponja mais famosa da Fenda do Bíquini está completando 25 anos desde o lançamento do seu primeiro episódio. O canal dedicado ao personagem estreará as temporadas quatro e cinco e, em cada dia da semana, os episódios serão dedicados a cada um dos personagens. Confira os detalhes: - Segunda-feira, Patrick - Terça-feira, Sandy - Quarta-feira, Lula Molusco - Quinta-feira, Seu Sirigueijo -

Fofocalizando no The Noite! Léo Dias e Cariúcha contam tudo sobre os famosos em papo com Danilo Gentili

(Foto: Lourival Ribeiro/SBT) Eles sabem tudo do mundo dos famosos e arrebentam nas tardes do  SBT , de segunda a sexta-feira, a partir das 16h15 (de Brasília).  Léo Dias e Cariúcha fazem parte do elenco do Fofocalizando e estarão no sofá do The Noite desta quarta-feira (17)  para contar tudo a respeito dos famosos e deles próprios. Os dois relembram de quando se conheceram, falam da relação como colegas de trabalho e das discussões que acontecem no programa. “As pessoas perguntam muito se são reais. Já tivemos discussões reais no passado em que as pessoas levavam para a direção, reclamavam com os diretores. A gente, não. Briga e segura o choro. Ninguém leva para reclamar com o superior”, afirma Léo Dias. Léo Dias também diz qual o tipo de fofoca que o povo mais gosta e faz um alerta. “Cara, são as notícias de traição. Mas não sou eu que acabo com o casamento de ninguém, é importante frisar. Sempre o mensageiro vira o culpado”. Cariúcha, por sua vez, relembra com bom humor d